Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

domingo, 22 de maio de 2016

O CASO TAARABT


O futebol é um negócio de alto risco e alta rentabilidade. 

Parece-me aceitável que em cinco contratações uma seja um flop. Se as outras quatro tiverem retorno desportivo e/ou financeiro a operação deverá ser considerada um sucesso.

No início desta época contratámos Mitroglou, Raúl, Carcela, Taarabt, alguns jogadores para a equipa B ou para rodar e promovemos jovens à equipa principal. O flop é Taarabt. Entrou a custo zero mais comissões, tem um ordenado elevado e não jogou. 

Flop? Sim. Mas creio que o facto de não ter jogado foi um factor agregador que nos ajudou a ser campeões. Noutros tempos, ou noutras paragens, um jogador com nome de craque e salário elevado jogaria forçosamente, mesmo que não rendesse, mesmo que não treinasse ao nível dos colegas. Aqui e agora não! 

O facto de Taarabt não ter sido utilizado validou o esforço dos outros elementos do plantel. Os Tricampeões! Mostrou que vale a pena o esforço, o compromisso e a paciência de esperar por uma oportunidade. 
O treinador, atento e justo, não deixou de compensar os que deram tudo o que tinham para dar. Assim se constrói um grupo forte, coeso, campeão! Grande decisão de Rui Vitória. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha aqui a tua opinião