Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

segunda-feira, 8 de maio de 2017

ESTÁ QUASE, PESSOAL! ESTÁ QUASE!

Faltam-nos dois pontos que podem ser conseguidos com dois empates, mas é de todo desaconselhável deixarmos a decisão para o jogo do Bessa. Sábado teremos pela frente um Vitória de Guimarães em grande forma que, naturalmente tudo fará para impedir a nossa festa. Ficaremos mais perto de vencer se encararmos o jogo com a humildade e o pragmatismo que fazem parte deste Benfica de Rui Vitória. Sim, podemos falar de um Benfica à imagem do mister Rui Vitória. Um Benfica que faz das dificuldades oportunidades e não dá nada por garantido. Foi esta atitude que nos trouxe até aqui e nos há-de levar à glória.





Estou certo que pela cabeça do nosso treinador e dos jogadores mais experientes não passa a ideia que "já está ganho". Mas acho que é importante que também nós, ao longo desta semana e nas bancadas da Luz, não entremos em euforias antes do tempo. Mesmo sem querermos, poderíamos criar um ambiente contrário aos nossos interesses. Temos sim, que bater recordes de decibéis num apoio incessante à nossa equipa, do primeiro ao último minuto, como fizeram os Benfiquistas no Estádio dos Arcos ontem à noite.

A nossa vitória por 1-0 em Vila do Conde foi tão difícil quanto justa. Jogo repartido durante a primeira parte, mas com as melhores oportunidades a serem criadas por nós - Jonas aos 6' e aos 14', Rafa aos 20', e Nelson aos 32'. O Rio Ave não prescindiu do seu estilo de jogo habitual, procurando sair com a bola controlada desde a linha recuada. O Benfica impôs uma pressão alta a toda a largura do terreno, empenhando cinco ou mesmo seis elementos nesta tarefa de alto desgaste mas muito bem sucedida. Na primeira parte, os vilacondenses pouco conseguiram ligar o jogo com o seu ataque e os passes em profundidade eram facilmente anulados pelo Luisão (mais uma exibição enorme do Capitão) ou pelo Ederson. Ajustava-se o zero-zero ao intervalo.

Entrada fortíssima do Tricampeão na segunda parte com um primeiro quarto-de-hora avassalador. Aos 47' ficou por marcar um penalti sobre o Nelson Semedo. (Tenho dúvidas no lance na nossa área, acho que o Rafa consegue cortar a bola). Infelizmente, estes quinze minutos à Benfica não renderam golos e o Rio Ave equilibrou as coisas por volta do minuto 60, com a entrada do Rubén Ribeiro. Tiveram uma oportunidade pelo Heldon e várias aproximações à nossa baliza. Foi precisamente na sequência de uma destas que lançámos o contra-ataque perfeito, aos 75' que viria a resultar no golo da vitória! O Cervi descobre o Jonas que, num passe de mágica, abre uma auto-estrada para o recém-entrado Salvio explorar em alta velocidade. Ao longo da meia-esquerda, o Toto conduziu a bola até à entrada da área onde, no timing exacto, solta para o Raúl no centro, que frente ao GR não perdoou! Foi lindo! Foi perfeito! Deu resultado, o apelo que lancei poucas horas antes do jogo para que os nossos jogadores abordassem esta final com precisão cirúrgica...


O golo do Benfica em Vila do Conde passará a constar dos manuais de Futebol, a abrir o capítulo da Transição Ofensiva Perfeita!



Mas a vantagem era magra e ainda tivemos muito que sofrer. O poste esquerdo da baliza do Ederson devolveu um remate do Gonçalo Paciência após um ressalto na nossa área, aos 87'. Fdss! Se não morremos desta, já não havíamos de morrer...

A chave da vitória foi a nossa força colectiva. O empenho e a entreajuda. A concentração e a humildade. E a ligação perfeita no golo! Todos os jogadores foram inexcedíveis e deram um contributo positivo. Destaques talvez para o Cervi, pelo esforço tremendo que o fez parecer omnipresente a defender e a atacar! Para a segurança do Luisão e a construção do Pizzi. E os três artífices daquele magnífico golo: Jonas, Salvio e Raúl!




E agora falta uma! Falta uma vitória para fazermos História!




2 comentários:

  1. muito cuidado ,com as festas antes do tempoooo...

    temos muito trabalho ,e trabalho e trabalho pela frente ...

    forçaaaaaaaaaaaaaaa benficaaaaaaaaaaaaaaa isso simmmmm .

    ResponderEliminar
  2. É isso! Nada está ganho. Só com muita concentração e muita luta podemos ganhar.

    Carrega!!!

    ResponderEliminar

Partilha aqui a tua opinião