Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

QUE COMECEM OS JOGOS!




"Que comecem os Jogos!" - A mítica frase que mais logo marcará o início oficial dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro serve-nos de mote para fazermos o lançamento da época desportiva do Sport Lisboa e Benfica 2016/2017.

Começamos frente a um adversário forte que tem conseguido criar-nos muitas dificuldades nos últimos anos, ainda que na época transacta tenhamos ganho os três jogos realizados com os guerreiros do Minho. E começamos logo com um troféu em disputa!

A Supertaça não será a competição mais importante do calendário nacional, mas isso não diminui a nossa vontade de vencer. Aceitemos um ligeiro favoritismo, sabendo que na fase inicial das épocas as equipas ainda estão longe do seu melhor e como tal há uma tendência para o equilíbrio.

A pré-época do Sporting de Braga não correu mal (5V, 2E, 1D), tem grandes jogadores e um novo treinador que nos conseguiu ganhar no último confronto, ao serviço do F.C.Porto.

A nossa pré-época foi das mais tranquilas dos últimos anos, de tal forma que ao dia de hoje as principais dúvidas são sobre quem irá sair para ficarmos com o plantel de 26, 27 elementos com que atacaremos a conquista do Tetra e restantes competições. 
Subsiste ainda uma outra dúvida (pelo menos para mim): Será que já temos o tal Super 8 que precisamos? Será Danilo, a par de André Horta, a garantia de que o nosso meio-campo ficará fortíssimo a defender e a atacar? Os primeiros três jogos oficiais terão de dar uma resposta cabal a esta questão. Benfica-Braga, dia 07/08. Tondela-Benfica, dia 13/08. Benfica-Vitória de Setúbal, dia 21/08.
De resto, estamos muito bem apetrechados. Mesmo que saia um jogador (apenas um) de cada sector, não precisaremos de contratar mais ninguém. 

Relativamente ao futebol apresentado nos jogos de preparação, apraz-me registar dois aspectos que considero fundamentais:

1) Organização Defensiva - verifica-se uma preocupação em formar um bloco compacto, com a defesa subida e as duas linhas (meio-campo e defesa) muito próximas. É verdade que ainda não o conseguimos fazer durante todo o tempo, como é natural, mas a ideia é essa e agrada-me.

2) Organização Ofensiva - aqui a nota dominante continua a ser a tentativa de variar o jogo o mais possível, criando diferentes problemas ao adversário. Ora saímos em transição rápida, ora saímos em futebol apoiado. Ora exploramos os corredores, ora procuramos o jogo interior. A superior qualidade técnica dos nossos jogadores permite-nos tirar partido de todas as formas de atacar. Será apenas uma questão de tempo para afinar os movimentos e entrosamento das novas contratações.

Para construirmos o nosso "onze" de Domingo, as maiores incógnitas decorrem da quantidade de jogadores lesionados ou condicionados ao longo desta semana. Felizmente temos um plantel vasto e jogadores polivalentes que nos permitem apresentar uma equipa muito forte.

Proponho então o seguinte "onze", assente em duas premissas: resguardar os jogadores em recuperação e os que têm menos tempo de trabalho; utilizar o maior número possível de jogadores do ano passado, para assegurar maior fluidez de jogo.












Mitroglou








Guedes
















Cervi


A.Horta


Pizzi

















Samaris

















Grimaldo

Lisandro

Luisão

N.Semedo

















J.César
















E no banco teríamos, entre outros, Jonas, Raul, Salvio e Carrillo que a qualquer momento podem entrar e trazer algo diferente ao jogo.

Vamos lá BENFICA! É pra ganhar!!








Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha aqui a tua opinião