Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

REMODELAÇÃO DE INVERNO



Por muito estranho que nos pareça, de tão raro, sabemos exactamente quantos jogos nos faltam disputar até ao final da época.Toda a segunda volta e nada mais que a segunda volta. Dezassete jogos apenas, desta vez sem direito ao sonho de chegarmos aos 60 na temporada, que corresponderiam a alcançarmos todas as finais. Serão 47 no total.

Assim sendo, podemos aproveitar o mês de Janeiro para reconfigurar o plantel de forma mais adequada à missão que temos pela frente. Se já em Agosto trinta e um elementos me parecia um número excessivo, muito mais se tornou agora. A simples redução do contingente trará benefícios por si mesma. Nomeadamente na coesão do grupo e na operacionalização dos treinos. Ao mesmo tempo, os últimos jogos têm-nos mostrado que o tão propalado défice de qualidade do nosso plantel é uma falácia e que não precisamos de não-sei-quantas contratações de "titulares indiscutíveis".

Proponho uma redução para 24 elementos. Dois jogadores por posição, excepto na baliza e no espaço Nove, com três para cada. Na baliza, por razões óbvias de segurança. No espaço Nove, porque é uma posição de muito desgaste. E também porque, sendo agora o 4-3-3 o plano A, temos de manter o 4-4-2 totalmente disponível. Após algumas saídas e apenas duas entradas, ficaríamos assim:


(Nota: onde está o Kalaica também podia estar o Ferro, ambos podem assegurar a eventual necessidade de um quarto central.)

Em relação às saídas, parece-me que o mais importante seria emprestar o Diogo Gonçalves a uma equipa da Primeira Liga em que possa somar muito tempo de jogo. Os restantes "excedentários" da equipa A seriam para emprestar ou vender, consoante as melhores propostas e o interesse dos próprios. Douglas e Gabriel para despachar, claro.

Quanto a entradas, apenas dois retoques, já que se trata de uma remodelação. Quer dizer, um deles não é bem um retoque...mas já lá vamos. Claro que não é impossível conquistarmos o Penta sem contratarmos mais ninguém. Temos equipa para vencer os nossos adversários directos e nos restantes jogos fazer pelo menos os mesmos pontos do Sporting e recuperar dois ao Porto. Difícil, mas nunca impossível! Agora, se pudermos aumentar as nossas possibilidades, tanto melhor.

O retoque seria um suplente credível para o André Almeida. O André tem estado muito bem e não vejo necessidade de contratarmos agora um excelente lateral-direito que seja titular de caras. Em Junho logo se vê. Mas na eventualidade de uma lesão do nosso lateral Tetracampeão temos de ter uma alternativa credível (leia-se Não-Douglas). Basta que seja equilibrado a defender e a atacar, não é preciso nada de especial. Consegue-se?

A segunda questão é mais complicada. O Varela tem estado benzinho e mostra alguma evolução. Entre os postes é tão bom quanto os melhores. Mas guarda-redes de equipa grande tem de ter algo mais. Para uma equipa como a nossa - que quer sair a jogar desde trás, com posse de bola e dominar os jogos, que quer pressionar alto e precisa de subir as linhas, deixando muito espaço atrás dos defesas - o GR tem de ter características de libero. Tem de ter facilidade a jogar com os pés para receber e passar a bola em condições de e para os colegas. Não peço o passe longo do Ederson, peço apenas para trocar a bola ali na defesa, nas calmas. Este aspecto é muito importante para permitir um início de construção fluído e mais posse de bola, evitando o pontapé para a frente que, na melhor das hipóteses, só nos permite manter a posse em 50% dos casos.

O guarda-redes do Benfica também tem de ser rápido e decidido a sair da sua zona de conforto e actuar como um sweeper, varrendo aqueles vinte, trinta metros até à linha defensiva, sempre que necessário. E será necessário sempre que quisermos jogar com as linhas bem subidas, a pressionar alto. Ou seja, muitas vezes.

Pelo menos até ver, não são estas as aptidões do Varela e não creio que seja possível adquiri-las em poucos dias ou semanas. Por isso considero muito importante que consigamos contratar um Senhor Guarda-Redes com os atributos referidos. Pode até ser por empréstimo. Há certamente grandes GR fartos de serem suplentes em equipas de topo da Europa que veriam com bons olhos uma passagem de cinco meses pela Luz. Porventura, algum que tenha a participação no Mundial em risco por não estar a jogar no seu clube. Em Junho, logo voltaremos a contar espingardas e avaliar se com Svilar, Varela e Vlachodimos teremos o necessário para a próxima época.

De resto, meus amigos, estamos muitíssimo bem servidos. Senão vejamos, os novos elementos, Rúben Dias e Krovinovic, estão de pedra e cal no Onze titular. Todos os outros habituais titulares são Campeões, Bicampeões, Tricampeões ou Tetracampeões. Se estes não servissem para sermos novamente campeões nacionais... tínhamos que ir buscar os titulares do campeão europeu, não?


Entretanto, não deixem de ver este artigo sobre a Gloriosa Formação (aqui)

4 comentários:

  1. Até o dia 31 ainda vão sair muitos nomes. Já li que virão 3 jogadores neste mercado: defesa-direito, médio defensivo e extremo. A questão do lateral, pela necessidade de um jogador de grande nível, nem sei se seria boa ideia agora. Mas lembro-me que o Grimaldo veio em Janeiro e na época seguinte explodiu. O tal nº 6 é saber onde achá-lo. O Rakip afinal é para emprestar, por isso deve vir um mais experiente. E extremo? Tamb+em acho que nem precisamos, mas ainda não é certo que Zivkovic e Rafa vão continuar. O Zivkovic precisa jogar porque o técnico da seleção da Sérvia quer convocá-lo, mas acho que ele tem de mostrar mais. Só talento às vezes não chega. E o Rafa é uma grande incógnita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para entrar directamente na primeira equipa acho que não precisamos de mais ninguém para além dos que referi. E mesmo esses não são absolutamente indispensáveis, seria apenas para ficarmos mais confortáveis. De resto, o Benfica procura estar sempre atento a boas oportunidades de negócio e antecipar futuras saídas. Julgo que a contatação do Rakip se insere nessa estratégia.

      O Rafa? Acho que é desta que ele vai mostrar o seu valor.

      Eliminar
  2. Sim, o Rakip deve ter sido mais uma boa oportunidade de negócio, praticamente a custo zero. Nunca se sabe quando aparecerá um craque assim de forma inesperada.
    Às vezes, com a nossa vontade imensa de ganhar, começamos logo a pensar em contratações de grandes craques e esquecemos que também não podemos tapar os espaços aos jovens do Seixal. Foi-se o tempo que vinham Ramires, Gaitans, Garays, Cardozos, etc., tudo em pacotes de milhões. O pior de tudo são as lesões, como as de Júlio César, Jardel ou Fejsa. Até o Svilar reconheceu que não esperava começar a jogar assim tão cedo. Nem todos os jovens são como o Renato Sanches ou o Rúben Dias que entraram lá pra dentro e não tremeram.
    Eu vejo nos blogues benfiquistas o pessoal a pedir já o Florentino para o substituir o Fejsa, mas também é bom ter calma. Esses miúdos são acompanhados no dia-a-dia por vários técnicos, que de certeza saberão qual o melhor momento para lançá-los.
    Vamos a ver como as coisas evoluem quanto a reforços, mas faltando 17 jogos para o fim do campeonato, só um jogador de grande nível, tipo Jonas, é que chegaria para fazer a diferença logo na primeira semana de treinos.

    ResponderEliminar
  3. Pois, também havia quem pedisse o Pedro Rodrigues no início da época e afinal o rapaz nem no Estoril é titular. Lançar os putos cedo demais pode comprometer-lhes toda a carreira. É uma questão muito sensível, ainda por cima num Clube da dimensão e com a exigência do Benfica.
    O que nós precisamos é de ter/manter uma equipa forte e experiente que possa enquadrar os novos talentos, um ou dois de cada vez. E é isso que tem sido feito.
    Quanto a novas contratações, só mesmo jogadores de alto nível é que podem pegar de estaca, porque os que já cá estão são muito bons. Ainda que nem toda a gente o reconheça...

    ResponderEliminar

Partilha aqui a tua opinião