Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O JOGO MAIS IMPORTANTE




Disputamos amanhã o primeiro de três jogos de elevado nível de exigência no espaço de dez dias. Serão jogos muito intensos até ao abrandamento competitivo que, em princípio, será o jogo da Taça frente ao Real de Massamá.

Depois do Marítimo na Madeira, teremos o Nápoles na Luz para decidirmos o nosso futuro europeu e depois o Sporting, também na Luz, para acertar contas na Liga. Após este derby, os três grandes terão jogado todos entre si, um jogo em casa e outro fora. A pontuação que daí sobrevier, não sendo decisiva, será relevante.

Posto isto, o jogo mais importante para o Benfica nesta série de três é... o jogo de amanhã com o Marítimo. Pela simples razão de ser o próximo. Pela simples razão de valer três pontos para o campeonato - o objectivo maior do Tricampeão. E também porque a desejada vitória, a ser alcançada, dar-nos-á ainda mais força para enfrentar os desafios seguintes.

Como tal, a minha proposta para o onze não contempla reservas ou poupanças:



No ataque, opção pela mobilidade do Raúl





Meio-campo habitual





Defesa habitual, com a inclusão do A. Almeida, único LE disponível





Se as coisas correrem muito bem e nos pudermos dar ao luxo de gerir, proponho as seguintes substituições na segunda parte:
Poupar o Pizzi e dar minutos ao Danilo; 
Dar mais jogo ao Rafa, agora pela direita no lugar do Salvio;
Assinalar, ainda que simbolicamente, o regresso do Jardel à competição.

Mas acima de tudo é imperioso somar os três pontos!
Carrega BENFICA!!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha aqui a tua opinião