Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

É PRECISO TER CALMA





Aproveito este espaço público para lançar um apelo a toda a Família Benfiquista (começando por mim próprio), para que não entremos em euforias e não comecemos a embandeirar em arco cantando vitórias antecipadas. Tenho quase a certeza que não o faremos. Não enquanto nos lembrarmos do pontapé do Kelvin ou da cabeçada do Maicon.

É verdade que o contexto actual em termos de resultados, classificação e exibições pode fazer-nos cair em tentação. É verdade que constatamos, sem facciosismos, que o Benfica dispõe de um plantel que permite formar não uma, mas as duas melhores equipas a actuar em Portugal. Mas temos a obrigação de resistir ao impulso do "já cá canta" que seria garantidamente contraproducente.

Continuamos em todas as provas, mas ainda só vencemos uma Supertaça. Lideramos o campeonato, mas só no próximo fim-de-semana chegaremos a meio desta maratona. É imperioso mantermos esta atitude de humildade e concentração, tão bem demonstrada e transmitida pelo Presidente, pelo Treinador e pelos jogadores. Só assim poderemos prosseguir no trilho do sucesso. Nós, adeptos, devemos afinar pelo mesmo diapasão. Juntos. Mais fortes!

Dito isto, e assumo que me coloco como primeiro destinatário deste "alerta", passemos a algumas considerações.

Se dúvidas restassem, ficou ontem provado que temos pelo menos dois belíssimos jogadores para cada posição. Parece-me até que dispomos esta época do melhor plantel, senão de sempre, dos últimos quarenta anos. Esta afirmação carece de mais pesquisa mas até onde chega a minha memória e o meu conhecimento, nunca como agora tivemos:

- Dois guarda-redes de classe mundial.
- Quatro centrais de indiscutível categoria.
- Um lateral direito e um lateral esquerdo ao nível dos melhores do planeta.
- Mais um lateral direito e um lateral esquerdo internacionais portugueses e de topo na Primeira Liga.
- Um médio defensivo absolutamente implacável e campeoníssimo. E outro que também nos dá todas as garantias e ainda por cima é Benfiquista como nós.
- Extremos/segundos-avançados diabólicos a perder de vista.
- Um maestro que organiza, assiste e marca. Mais outro que segue na calha e pode até vir a superá-lo e ainda por cima é Benfiquista como nós.
- Um Dez cheio de classe que honra a camisola outrora envergada por Valdo, Rui Costa ou Aimar, mas que é ao mesmo tempo o maior goleador nas duas últimas épocas e um dos melhores de sempre!
- E ainda dois pontas-de-lança muito amigos de marcar golos e que nos dão soluções diferentes na posição 9.

E toda esta gente é superiormente liderada por um Senhor, o Professor Rui Vitória.

Deixo-vos este repto: Será possível identificarmos na História do Benfica um ano desportivo em que dispuséssemos de um naipe de 22 jogadores (dois por posição) com qualidade superior ao que temos agora?






Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilha aqui a tua opinião