Páginas


Luisão - Vinte Títulos! (and counting...)

Se todas as batalhas da

"SE TODAS AS BATALHAS DA HUMANIDADE SE TRAVASSEM APENAS NOS CAMPOS DE FUTEBOL, QUÃO BELAS SERIAM AS GUERRAS!" (Augusto Branco)

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

SÓ ME INTERESSA... GANHAR EM GUIMARÃES!




Jogamos amanhã em Guimarães uma partida tradicionalmente difícil. O Vitória é o quarto grande do Futebol Português em apoio dos seus adeptos e ambiente criado nos jogos em casa. Está a fazer uma boa campanha, tendo legítimas (ainda que não assumidas) aspirações a conquistar um lugar no pódio da Primeira Liga. Mesmo sem Marega, tem argumentos para nos criar dificuldades.

Precisamos de um Benfica próximo do seu melhor nível para vencer esta etapa de montanha e estou em crer que o nosso mister saberá transmitir esta necessidade à equipa. Uma das razões dos sucessos continuados do Benfica de Vitória passa pela correcta abordagem a cada adversário, em cada competição. Sabemos que temos mais de trinta finais para disputar por época, mas também percebemos que não podemos jogar todos os jogos no red line. E que há finais que são mais finais que outras. 
É o caso.


Dada a palestra, avancemos para o onze proposto:





Jonas, se estiver forte para começar.

Precisamos da energia do Gonçalo, orientada pelo Jonas.





Precisamos do nosso Capitão. Para impor respeito ou acalmar os ânimos, conforme o caso.


No banco, teríamos Rafa e Zivko. Samaris e Horta.





P.S. Não me apetece falar muito sobre as tristes cenas a que assistimos esta semana protagonizadas pelos (ir)responsáveis do Porto e do Sporting. Lamento que a estupidez e as tácticas parolas façam tanto eco junto dos adeptos destes clubes. Quanto à descomunicação social desportiva... há já muito tempo que o ar nessa latrina se tornou irrespirável.(Saravá Adolfo!)

Espero e acredito que este clima não leve os árbitros a prejudicarem-nos deliberadamente.


"Joguem à bola! Palhaços, joguem à bola!"  

Quando conseguirem tirar dos olhos a areia que lhes tem sido atirada pelo Grunho de Carvalho e pelo Bimbo da Costa, os adeptos dedicarão novamente este cântico (tantas vezes repetido em Alvalade nas últimas décadas) às suas equipas.


Quanto a nós, só temos de ficar cada vez mais unidos em torno do nosso Benfica. E não nos podemos esquecer que uma mentira repetida muitas vezes continua a ser uma mentira. 

2 comentários:

  1. Devido ao imenso ruído desta semana, hoje vamos ter um árbitro que não hesitará, em lances dúbios, em marcar contra o Benfica e não marcar conta o Guimarães. Teremos também pela frente o treinador da primeira liga mais anti-benfiquista: Pedro Martins.
    Mas contra todas estas adversidades, só teremos que fazer aquilo que fazemos na grande maioria dos nossos jogos, jogar bem e melhor que o adversário.
    Mas o meu desejo era mesmo que ganhássemos por 1-0 com um golo resultante de um penalti muito duvidoso. Eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Rudolfo.
      Temos de jogar de forma a superar essa possível tendência do árbitro e sobretudo, os nossos jogadores não se podem enervar se ela se verificar. Quanto ao treinador adversário, está lá para fazer o seu trabalho. É legítimos que faça o que puder para nos dificultar.
      Já agora... porque não um golo com a mão, em fora de jogo e depois da hora? :)

      Eliminar

Partilha aqui a tua opinião